10 junho 2007

LENGALENGAS

Os meninos e as meninas do 1º ano da professora Teresa ofereceram à biblioteca um livro com todas as lengalengas que aprenderam ao longo do ano. Vejam:
Nós somos alunos do primeiro ano da turma C e com estas lengalengas aprendemos o A B C!
- Ah, ah, ah,
quem vem lá?
- Sou a águia real
E gosto do teu quintal!
- Mas eu não te quero cá, pois dizem que és muito má!
- Ah, ah, ah, isso é cantiga,
eu quero é ser tua amiga!
Ah, ah, ah…

O "f"
É fácil de
Fazer
Com esta
Fita e com jeito.
Vai acima
Vai abaixo
Dá o laço e já está
Feito.
Faz o Fábio
Faz a Fátima
O "f" da
foca e do fado.
Mas como já estou com
Fome
É melhor
Ficar calado.

A verdade
Tem que ser dita:
Há uma letra esquisita
Tem o hábito de aparecer
E ninguém a sabe ler
Mas tem que se escrever.
Vai ser hoje
Está na hora
De a pôr
Daqui para fora.
Chamem o hipopótamo
Acendam o holofote
Vai levar um piparote.
Alto lá
Que o "h" está na história
E guardem na memória
Que o há do verbo haver
Com o "h" tem que ser.
Quem o disse foi a Helena
Que já está cheia de pena.

Joana Joaninha
Abre a janela
Da tua casinha.
Joana Joaninha
Vai ao jardim
Cheira o jasmim
Solta um espirro
Atchiiim ...
Joana Joaninha
Bate as asas e voa
Vai para Lisboa.
Joana Joaninha
Prepara a bagagem
Joana Joaninha
Boa viagem!

O patinho quá, quá, quá...
Nada para cá e para lá.
Quá, quá, quá...
Nada, nada,
Abre o bico
Quá, quá, quá...
Vem aqui,
Aqui ao Quico.
Quá, quá, quá...
É um pato ou uma pata?
Para mim é tudo igual
Quá, quá, quá...
É uma ave
Quá, quá, quá...
É um animal.

A Rita está aflita
Com o rato que ali mora
Ela chora, ela grita:
- Ó rato, vai-te embora!
O rato rói o pão
Rói o queijo
E o salpicão.
O rato rói a meia
E o sapato
Mas não rói o rabo ao gato
Que o mete no buraco.
- Ó Rita, vem cá agora
Que o rato foi-se embora!

U, u, u,
Faz o vento forte,
U, u, u,
É o fantasma do Norte,
U, u, u,
Quem és tu?
- Sou a uva madurinha,
Que moro na tua vinha.
U, u, u.

A Xana põe o xaile
E com ele vai ao baile.
O Aleixo baixa o queixo
Quer ir mas não o deixo.
No jardim vê o repuxo
Deita água, é um luxo.
Mexe um peixe por ali
Não podes fazer xixi.
O porquinho foi à feira
sem ter nada para comprar,
comprou uma cadeirinha
para a irmã se sentar.
E a cadeirinha rebentou.
E o porco ficou triste
com o dinheiro que gastou.
Não estão aqui as lengalengas todas, se as quiseres ler vai à biblioteca.
Parabéns a todos/as e obrigada pela oferta.

1 comentário:

Catarina Patrãol disse...

Gostei muito do livro de lengalengas que os meninos e meninas da professora Teresa fizeram. O desenho que eu gostei mais foi o da minha amiga Rita Pardal (que é o do ABC).